Receber notificações
  Facebook
  RSS
  Whatsapp

Oeiras: temperatura ultrapassa 40ºC, cidade registra índice extremo de radiação ultravioleta

A alta temperatura foi registrada às 15:05h chegando a uma sensação térmica de 40,6° graus.

Foto: montagem folhadeoeiras

 Foto: montagem folhadeoeiras

O município de Oeiras, situado no centro-sul do estado, a 282 quilômetros de Teresina, marcou na tarde desta quarta-feira, 21, uma temperatura de 40,3° graus segundo o Sistema Cruviana da estação meteorológica do IFPI.

A alta temperatura foi registrada às 15:05h chegando a uma sensação térmica de 40,6° graus.

Apesar da “quintura”, este não foi dia mais quente do mês de setembro na primeira capital. Há uma semana, no dia 14, Oeiras chegou à marca de 40,4º graus e uma sensação térmica de 40,6º às 15:35h.

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO FACEBOOK

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO INSTAGRAM

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO YOUTUBE 

De acordo com o INPE, a escala de radiação ultravioleta varia de 1 a 14, sendo que nesta, a radiação de 1 a 2 é considerada baixa, entre 3,4 e 5 a radiação é moderada, entre 6 e 7 a escala considera a radiação como alta. Já os valores 8 e 9 são considerados muito alto e os índices 11,12,13,14 a radiação é extrema.

Durante todo este mês de setembro a radiação na cidade de Oeiras estará com índice 12, ou seja, extrema. A radiação ultravioleta é extremamente prejudicial á saúde humana, causando danos principalmente aos olhos é a pele.

Doenças nos olhos como catarata e na pele como queimaduras e até o câncer, requere da população alguns cuidados especiais. A orientação é que as pessoas façam o uso de camisa, boné, protetor solar, evitar o sol ao meio dia e permanecer sempre que possível na sombra, além de consumir bastante líquido.

Como se proteger

- roupas e chapéus - prefira os de tecido sintético. Uma blusa de algodão branca, por exemplo, deixa passar 20% da radiação ultravioleta. Se possível, invista em viseiras e camisetas de tecidos tratados contra os raios, que chegam a oferecer mais de 90% de proteção

- óculos escuros - devem sempre ter lentes que protejam os olhos dos raios ultravioleta. Peça para a ótica o certificado e nunca compre óculos de sol em camelôs

- Protetor solar - observe se o filtro tem proteção contra os raios UVA e, principalmente, UVB. O fator depende do tipo de pele: quanto mais claro for, maior ele deve ser. No geral, recomenda-se fator 30. Lembre-se de aplicar o filtro em grande quantidade (o recomendável são 30 g para uma pessoa de 70 kg) e de reaplicá-lo, principalmente após entrar na água ou suar.

Foto: reprodução do site Sistema Cruviana

Redação|Folhadeoeiras

Mais de Oeiras