Receber notificações
  Facebook
  RSS
  Whatsapp

Piauí tem 2,5 milhões de eleitores aptos a votar, aponta TSE

Segundo o TSE, nesta eleição, foi registrado um aumento de 6,21% do eleitorado em comparação ao último pleito.

Foto: Matheus Santos/ Viagora

 Foto: Matheus Santos/ Viagora

No próximo domingo (2), acontecem as eleições 2022 onde se elegem representantes para os cargos de Presidente da República, Governador, Vice-governador, Senador, Deputados Federal e Estadual em todo o país. Para este ano, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) registrou um aumento de 6,21% do eleitorado contabilizando 156.454.011 eleitores aptos a votar. Na comparação feita pelo TSE em relação à última eleição presidencial são 9,1 milhões a mais do que em 2018.

Conforme a Justiça Eleitoral, dentre os votantes estão os jovens (entre 16 e 17 anos), totalizando 2.116.781, e com mais de 70 anos, 14.893.281 eleitores, cujo o voto é facultativo. Já aos eleitores com 100 anos ou mais, é somado um total de 184.330 votantes. Pessoas na faixa de 22 aos 44 anos correspondem a 40,72% dos eleitores.

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO FACEBOOK

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO INSTAGRAM

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO YOUTUBE 

No Piauí, que possui cerca de 3.289.290 habitantes, um público estimado de 2.573.810 deverão comparecer as seções eleitorais para efetivar seu voto, segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI).

Sobre as urnas

O TSE também realiza, ainda durante a última semana antes do 1° turno, o trabalho de fiscalização das urnas pra garantir a eficácia e anulação de qualquer possível fraude nesse processo. Neste ano, tem-se como exemplo, o processo de confiabilidade do sistema de biometria onde 641 urnas, selecionadas nos 27 estados do Brasil, onde se tem a participação do público eleitoral durante a submissão.

Além disso, outras instituições como o Tribunal de Contas da União (TCU) relatou a atividade de audição de 4.161 urnas eletrônicas no primeiro turno das Eleições 2022.  A atividade tem o objetivo da ação é aferir a integridade dos boletins de urna (Bus), e a afirmar que a Corte não se trata de uma apuração paralela. Neste ano, aproximadamente 40% das seções eleitorais vão usar as urnas com modelo 2020. O novo design, mais moderno, traz uma bateria melhor e um processador mais rápido do que o modelo anterior.

Para o secretário de Tecnologia da Informação do TRE-PI, Anderson Lima, após a preparação, as urnas ficam guardads até dia da votação. “Nós temos ao todo aproximadamente dez mil urnas eletrônicas. Dessas vão funcionar efetivamente em sessão eleitoral oito mil novecentos e sessenta, aproximadamente nove mil, e as outras que ficam, essas mil urnas de diferença, ficam como urnas de contingência ou urnas de reservas de substituição. Em relação ao eleitorado são aproximadamente dois milhões e meio de eleitores”

Viagora

Mais de Política