Receber notificações
  Facebook
  RSS
  Whatsapp

Gabigol lamenta ausência na Copa do Mundo, mas promete torcida pelo hexa

Gabigol, falou pela primeira vez sobre ter ficado fora da lista final no programa Altas Horas, da TV Globo,

Foto: Marcelo Cortes / CRF

 Foto: Marcelo Cortes / CRF

Uma das ausências mais sentidas na convocação do técnico Tite para a Copa do Mundo, o atacante Gabriel Barbosa, o Gabigol, falou pela primeira vez sobre ter ficado fora da lista final. No programa Altas Horas, da TV Globo, o jogador do Flamengo, pivô de uma polêmica recente durante a festa do título da Copa Libertadores, admitiu ter criado expectativa em estar no Mundial e revelou ainda estar torcendo para a seleção brasileira conquistar o hexacampeonato no Catar.

"No momento do anúncio eu estava em casa com meus pais, paramos para assistir e infelizmente não aconteceu, mas fico feliz com o carinho do público, por todos que acham que eu deveria estar lá. Espero de coração que sejamos hexa. Confio nos planos de Deus porque sei que uma hora vai acontecer e o que eu tenho para fazer daqui para frente é continuar trabalhando", declarou o atacante.

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO FACEBOOK

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO INSTAGRAM

+SIGA O FOLHADEOEIRAS NO YOUTUBE

Gabigol chegou a ser testado pelo treinador durante este ciclo para a Copa do Mundo, mas não conseguiu se firmar na seleção brasileira. Ele perdeu ainda mais espaço com a ascensão de Pedro, seu companheiro de Flamengo, na atual temporada. O jogador estaria ainda atrás de Matheus Cunha e Roberto Firmino, que também ficaram de fora da lista, na preferência de Tite.

A ausência de Gabigol na lista de Tite foi motivo de xingamentos ao treinador durante a festa do Flamengo pelos títulos conquistados em 2022. No clima de festa, Gabigol acabou entrando na brincadeira e motivou a torcida rubro-negra a seguir provocando o treinador da seleção brasileira. Sobre o caso, o atacante preferiu não comentar.

JOGARIA EM OUTRO TIME NO BRASIL?

Ainda no programa, Gabigol foi questionado sobre a possibilidade de deixar o Flamengo para atuar em outra equipe do futebol brasileiro. O atacante voltou a expressar o carinho pelo Santos, mas admitiu ter identificação com o Corinthians. "Sim, (voltaria) para o Santos. Mas é uma verdade, eu combinaria muito bem com o Corinthians", afirmou o atacante, que arrancou aplausos dos convidados do programa.

Apesar da declaração, Gabigol já falou em mais de uma oportunidade que quer seguir no Flamengo por muito tempo. O atacante tem 210 jogos com a camisa rubro-negra e 133 gols marcados. Ele é um dos maiores ídolos do clube, muito pelas conquistas recentes, dentre elas, duas Libertadores.

 

Fonte: Estadão Conteúdo 

Mais de Esportes